logo

A invasão

Mestre - Fabrício Dias de Oliveira

- Você ouviu a transmissão
- As pessoas aí perto estão em pânico
- que porra esta acontecendo
- Um senhor de idade, está gritando - VAMOS MORRER. VAMOS TODOS MORRER.
- Teste de percepção.
- Dificuldade: 6 - Sucessos: 0 - falhas críticas: 0 - Sucessos necessários: 3 - Resultado: 3 - 5 - 5
- Tudo normal, pra um dia de catástrofe eminente
- vou procurar saber o que esta havendo
- Ei, o que tá acontecendo?
- Jaomir, a Gabrielli está falando.
- - Alguém está invadindo corpos. E tentando controlar a humanidade.
- Eu sei porque o Dom Charpei falou.
- Jaomir, agora é o Dom Charpei que está falando
- São aliens, estamos entrando em uma nova era. Seremos abduzidos.
- Por favor, gente. Estou tentando entender. Alguém está invadindo corpos? A reportagem falou isso. Mas seremos abduzidos?
- Jandergleydson, tem um cara falando sozinho aí do lado.
- Tem mais gente aqui perto?
- Jaomir, Caputhini Framon está falando - então, eu tenho concorrência. Será um prazer escravizar eles junto com os humanos. E farei melhor. vou invadir o planeta deles.
- Gabrielli diz - Vamos fugir para um lugar seguro. Faremos uma reunião.
- Tudo bem, gente. Há um lugar longe da visão dos outros por aqui?
- Você está vendo um lote vago, com poucas pessoas, e um grupo de árvores isoladas em um canto. Com uma copa densa
- Vou tentar chegar lá sem ser visto.
- Destreza mais furtividade. Você deu azar. 2 de destreza mais 0 de furtividade. Torça pra tirar sucesso total. Vou facilitar com dificuldade 5 porque está de noite.
- Dificuldade: 5 - Sucessos: 0 - falhas críticas: 0 - Sucessos necessários: 2 - Resultado: 2 - 3
- Cara, você está andando, tropeçando em latinhas, trombando em pessoas e chutando um jornal aleatório no chão
- Vocês estão em um bairro aleatório em São Paulo, capital.
- Me desculpa, gente. Tenho que ir alí.
- Você chegou.
- Gabrielli - Acho que algo ruim está acontecendo
- Dom Charpei - Pra mim, tá tudo certo.
- Caputhini Framon - Vamos para um hospital onde internaram eles. Será um prazer conhecer meus novos servos
- Lázaro - aaaaaaannnnn. Fooooomeeeeee
- Teste de raciocínio
- 5, cara. Isso é bom. Vou adicionar o 1 de investigação
- Dificuldade: 5 - Sucessos: 2 - falhas críticas: 1 - Sucessos necessários: 3 - Resultado: 3 - 10 - 5 - 10 - 1 - 3
- Gabrielli - Não ligue pra eles, meu docinho. Vamos tentar achar um paciente desses, e tentar averiguar o que está acontecendo
- Boa idéia, Gabrielli, vamos lá.
- Mestre, onde tem um hospital psiquiátrico por aqui?
- Procure no Google. Ou pergunte à alguém
- A propósito, você se lembrou que esteve internado em um hospital aí perto. Que foi seu refúgio por um tempo.
- Rex, Donisvan quer viajar pelo Brasil, e descidiu começar por São Paulo. Ele pegou você e os dois entraram clandestinos no bagajeiro de um ônibus para São Paulo capital. Os dois chegaram na rodoviária, na parada final.
- O motorista abriu o bagajeiro e os viu. E pegou o walktalkie e disse - Zé, câmbio...
- Donisvan lhe arremessou no colo do motorista, que deixou o walktalkie cair. E gritou: Vamos correr. Sua vez.
- Vou urinar no colo dele, enquanto aplico simular cheiro de mel doce.
- Raciocínio 4. Dificuldade 6. Um sucesso e o efeito dura uma hora. Mais sucessos, e o motorista terá problemas. Lá vai.
- Dificuldade: 6 - Sucessos: 1 - falhas críticas: 0 - Sucessos necessários: 1 - Resultado: 3 - 7 - 4 - 4
- Bom... começaram a surgir mosquitos, besouros, pernilongos, abelhas, marimbondos... vindos de todos os lugares. O motorista está olhando assustado para aquilo.
- Gritou: O mijo desse cachorro fez isso? Que #$%$# é essa? - E te jogou no chão.
- Enquanto isso, o aparelhinho está está gritando - Jão... Jão... Jão? Estamos indo.
- Vou correr como se não houvesse amanhã. Na direção do Donisvan
- E vocês correram. Vou fazer um teste de destreza mais esportes. 7 dados. Muito bom. Dificuldade 6
- Mas não agora. Um teste por ação.
- Jaomir. Chegou no hospital psiquiátrico. Uma das enfermeiras te reconheceu
- E disse - Jaomir, você por aqui? Algum problema?
- Não, enfermeira. As vozes estão sob controle. Agora só converso com elas. Ainda gosto da Gabrielli.
- Só ignoro as vozes que querem que eu cometa crimes
- Todos nós sabemos que não é verdade. Rs. Vai fazer um teste de manipulação mais lábia
- Tudo certo
- Manipulação 4 e lábia 3. Dificuldade 6
- Dificuldade: 6 - Sucessos: 5 - falhas críticas: 0 - Sucessos necessários: 3 - Resultado: 5 - 7 - 9 - 4 - 6 - 7 - 8
- Cara, ela engoliu.
- E disse - Jaomir, quer entrar e visitar seus antigos colegas? Os que não tiveram alta.
- Sim. Como a gente muda de enfermaria o tempo todo, vou passar por elas procurando meus amigos
- 5 sucessos? Você fez. E ela disse - quer um cafezinho enquanto procura?
- Não, obrigado
- Lucile. Você foi chamada para orar em um hospital psiquiátrico em São Paulo. Foi uma viagem longa. Você veio de Tocantins até a rodoviária de Belo Horizonte, e terminou de fazer a viagem até a cidade de São Paulo. Ao chegar na rodoviária, você ouviu um bagunção lá fora.
- Dei uma olhada.
- Você só viu um mendigo correndo, um cachorro atrás dele e um monte de insetos em cima do motorista.
- Vou descer calmamente, fingindo que não vi o mendigo, e me aproximei do motorista rezando - Pai nosso que estais no céu...
- E você acaba de ver o vídeo do esquizofrênico dizendo que vai dominar todo mundo, no telão da rodoviária.
- Ignorei. Continuo fazendo orações para o motorista. Possessões começam assim.
- Espere.
- Pode ter algo a ver. A notícia fala de possessão também.
- Estou olhando fazendo o sinal da cruz
- Bateu o alarme da rodoviária. A hora marcada com o médico está chegando
- Que deus abeçoe esse senhor. Estou indo lá.
- Rex, você viu Jaomir se refugiando atrás da porta da recepção de um hospital.
- Entrei atrás dele.
- A moça da recepção olhou fixamente para você e disse - Esse corpo pode servir para o que queremos.
- E outros funcionários estão olhando você
- Me escondi atrás da perna do Jaomir.
- Teste de Destreza + Furtividade. 4+2 = 6. Isso é bom.
- Dificuldade: 7 - Sucessos: 3 - falhas críticas: 0 - Sucessos necessários: 3 - Resultado: 10 - 8 - 8 - 4 - 4 - 2
- Você se escondeu. Agora estão olhando o Jaomir.
- A Recepcionista gritou - Pegue esse cara. Ele escondeu o cachorro.
- Tenho que salvar meu dono. Eles querem a mim. Estou correndo pra uma escada. Qualquer uma.
- Achou uma.
- Eles me viram?
- Viram.
- Estou subindo. Correndo.
- E não estou olhando pra trás.
- Chegou nas enfermarias. E você está ouvindo passos apressados subindo as escadas.
- Jaomir, Gabrielli gritou - AAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHH
- Perguntei - Gabrielli, minha linda, o que houve?
- Gabrielli respondeu: Tem uma presença estranha aqui, tentando tomar sua mente.
- Impossível, não sinto nada, Gabrielli.
- Jaomir, você agora está vendo um cachorro correndo pela enfermaria.
- E a Gabrielli gritando: me saaaaaalve, Jaomir.
- Estou ignorando o cachorro. Quero acalmar a Gabrielli.
- Você ouviu - Céeeeeerebrooooo...
- E um barulho de algo quebrando. E depois - Gostooooooooso.
- Gabrielli disse - A presença sumiu.Acho que o Lázaro se livrou dela.
- Vou fazer uma observação procurando algo diferente aquil.
- Jogada de percepção. Dificuldade 6
- Dificuldade: 6 - Sucessos: 2 - falhas críticas: 0 - Sucessos necessários: 1 - Resultado: 9 - 9 - 2 - 2
- A enfermeira que está te acompanhando está te olhando, com uma cara de frustração.
- Perguntei à enfermeira: - Algum problema?
- - É que estou esperando uma freira que ia chegar hoje. Já está quase na hora da reunião com os doentes, e ela não chegou ainda.
- E por falar em freira, Lucile, você chegou no hospital.
- Tem um mendigo fedendo cachorro sentado no meio fio em frente à porta
- Me aproximei do mendigo, e perguntei
- O senhor está bem?
- O mendigo respondeu: estou, senhora. Só estou esperando meu cachorro.
- Eu disse - Que deus o abençoe.
- Tô entrando no hospital. Procurei um relógio.
- Achou, na parede. São 02:00 da madrugada. Tem tempo ainda.
- Estou procurando uma atendente.
- Não há ninguém. Parece que o atendente deu uma saída.
- Tem um sininho por aqui?
- Não
- Então estou indo para as enfermarias procurar alguém
- Alguma porta por aqui?
- Tem uma escadaria, subindo
- To indo pra lá.
- Subiu a escada
- Teste de Percepção: 3 dados
- Dificuldade: 6 - Sucessos: 2 - falhas críticas: 0 - Sucessos necessários: 1 - Resultado: 3 - 10 - 9
- Você viu uma enfermeira acompanhando um cara, e um cachorro correndo pela enfermaria
- O cara parece estar falando sozinho
- Muito bem. Presumo que ele seja um dos internos desse lugar. O cachorro deve ser a terapia de um deles, então o ignoro. Vou até a enfermeira
- Gritei - Olá...
- A enfermeira se virou para você e disse - Lucile, bom dia.
- Rex, chegou uma dona vestindo preto. E você percebeu que agora o andar tá fedendo defunto. Mais do que estava antes.
- Aqui deve ter um necrotério. Vou tentar sentir de onde tá vindo o cheiro
- Quer gastar um ponto de gnose e ativar sentidos aguçados?
- Sim
- Você percebe que o cara perto da dona de branco, e uma moça de preto próxima a eles, estão exalando o fedor.
- Acho que podem ser fomori. Ficarei observando.
- Perfeito. Dentro das portas tem mais pessoas. Estão dormindo.
- Não quero despertar o delírio nessa pobre enfermeira
- Rex, você levou um golpe na costela. Não viu de onde veio, mas te jogou dentro de uma das portas da enfermaria. E a porta se fechou.
- Jaomir, você ouviu lá no fundo uma porta batendo.
- E um grito de cachorro - CAIN CAIN CAIN
- Olhei para lá.
- Ao olhar, você viu uma enfermeira no seu campo de visão.
- Mas o barulho foi mais pro fundo.
- Digo, você viu uma freira
- Disse para ela - Não vi a senhora aí, madre.
- E estou olhando em direção ao barulho.
- Teste de percepção - 4 dados, dificuldade 7, porque tá escuro
- Dificuldade: 7 - Sucessos: 1 - falhas críticas: 1 - Sucessos necessários: 1 - Resultado: 1 - 3 - 7 - 9
- Você percebeu que um cara chutou um cachorro pra dentro de um quarto, e entrou logo depois.
- Lucile, você ouviu um cachorro levando um golpe e gritando, e o interno olhando para o fundo da enfermaria
- Você viu o interno virando a cabeça para ver o que está acontecendo lá.
- Estou correndo para lá e dizendo - Não viram que acabaram de bater em um cachorro ali?
- Chegou no lugar.
- Tentei abrir a porta.
- Abriu a porta. O cachorro está no fundo da sala, e um homem está caminhando em direção a ele.
- Vou ver a aura dele enquanto foco a visão para ver do que se trata.
- Percepção mais empatia, seis dados. Dificuldade 8
- Dificuldade: 8 - Sucessos: 0 - falhas críticas: 0 - Sucessos necessários: 3 - Resultado: 2 - 7 - 6 - 5 - 2 - 2
- Você não viu aura nenhuma, mas viu que se trata de um homem, muito magro, tremendo muito e suando.
- Jogo o primeiro objeto perto de mim, nele.
- Jogou um sapato nas costas dele. Chamou a atenção para você.
- Rex, você viu que está dentro de um quarto, alguém entrou e a porta se fechou. Logo em seguida, entrou uma freira, que atirou um sapato no homem.
- Simular cheiro de água corrente. Desapareci na escuridão.
- Você conseguiu.
- Agora você está em um canto escuro. Ninguém está te percebendo.
- Qual lua é hoje.
- Você está com sorte. É cheia.
- Fui para longe do lugar onde eu estava, vou para a forma crinus instantânea e uivo para a lua.
- Vamos por partes. Destreza e furtividade, se quiser continuar oculto.
- Dificuldade: 6 - Sucessos: 1 - falhas críticas: 1 - Sucessos necessários: 3 - Resultado: 5 - 1 - 3 - 6 - 4 - 6
- Bom, você foi para debaixo da janela.
- Se transformou. Todos te viram agora, pois você só conseguiu um sucesso.
- E aquele uivo.
- Lucile e Jaomir. Tem um lobisomem aí. Teste de auto controle para os dois. 3 dados para cada um. Dificuldade 6, só precisa de um sucesso.
- Jaomir
- Dificuldade: 6 - Sucessos: 1 - falhas críticas: 0 - Sucessos necessários: 1 - Resultado: 5 - 8 - 2
- Lucile
- Dificuldade: 6 - Sucessos: -1 - falhas críticas: 1 - Sucessos necessários: 1 - Resultado: 5 - 1 - 2
- Cagada. Jaomir, você está vendo um lobisomem aí. Sabe que sua vida está em risco. O que vai fazer?
- A freira está lá. Corri em direção dela.
- Chegou até ela.
- Salto em direção dela, e a abraço, jogando nós dois em algum lugar longe do campo de visão do bicho.
- Você fez.
- Há um cara dentro desse quarto. E gritou:
- CAPTUREM ELE. FINALMENTE ATRAÍMOS UM PARA NOSSA ARMADILHA. ESSE CORPO VAI AGILIZAR A CONQUISTA DESSE MUNDO.
- Você viu que o lobisomem não é o maior de seus problemas
- Meu deus. Temos que ajudar um bicho que pode nos matar.
- Assombração nesse cara.
- 7 dados, dificuldade 6
- Dificuldade: 6 - Sucessos: 6 - falhas críticas: 0 - Sucessos necessários: 1 - Resultado: 8 - 4 - 7 - 10 - 6 - 10 - 8
- Credo, você desgraçou a vida desse pobre coitado. Seis sucessos e dois 10. viu que todos os pacientes, o cara, a atendente que estava com você... todos estão vendo e ouvindo coisas.
- O LÍDER VAI NOS MATAR. POR FAVOR. A ESFIRRA É 10 REAIS. PORQUE AQUELE GODZILA ESTÁ ALÍ?
- Lucile. Você presenciou toda essa cena.
- E Lucile, você e o Rex também foram atingidos. Você está vendo novamente a época quando você se tornou freira, sendo torturada e abusada pelos padres. Você está em uma cadeira com espetos espalhados no assento.
- Mas isso foi a muito tempo. Já me livrei disso. Certamente uma ilusão. Há como resistir?
- Gaste um ponto de força de vontade
- Gastei então.
- Pronto. Tudo está normal agora. Exceto TODOS alucinando, menos um cara que segurou seu braço e te puxou para trás.
- Eu pergunto a ele
- O que você fez?
- Senhor, o que você fez?
- Tudo bem, foi uma emergência. Eu joguei um pó alucinógeno nesse quarto... mas parece que todo o andar foi afetado.
- Você, Rex, está na forma canina, e Donisvan colocou você deitado e está passando a mão em sua barriga.
- Que gostoso... estou adorando.
- Todo mundo está vendo o lobisomem deitado, fazendo igual a um cachorrinho - arf, arf, arf.
- Vou tentar resistir a isso.
- Gastou um ponto de força de vontade.
- Agora vamos ordenar, já que estão todos juntos. 1 - Jaomir, 2 - Rex e 3 - Lucile
- Jaomir, você.
- Viu que o lobisomem acordou do transe.
- A propósito, esse ponto de força de vontade que gastaram vale por uma cena. As pertubações do Jaomir vão durar um ano.
- Virei pra ele e disse.
- Esqueça o problema com a gente. Eles querem capturar você, e eu estou aqui para te ajudar. Ou todos nós iremos morrer.
- Tudo bem
- Ele não te entendeu. Você está na forma crinus, e só saiu rosnados.
- Imagino que entendeu... saia daqui.
- Você está falando com esse bicho?
- Todos viram um portal se abrindo no meio dessa enfermaria
- Dentro dele há um orbe, que está brilhando. E ao redor dele, seres incorpóreos, semelhantes à tufos de vapor esverdeados. E todos estão olhando para o Rex.
- PEGUEM ELE - Alguém gritou de lá.
- Alguém parece ser o líder?
- Não, aparentemente são todos iguais.
- Escolhi um bicho desses aleatório, e vou usar demência nele
- Assombração
- Manipulação mais lábia 7 dados, dificuldade 6.
- Dificuldade: 6 - Sucessos: 4 - falhas críticas: 0 - Sucessos necessários: 1 - Resultado: 2 - 10 - 10 - 4 - 4 - 9 - 8
- Perfeito. O tufo de vapor que você acertou, se dispersou na sala. E se solidificou, prendendo todos os outros um um bloco verde.
- E surgiu um grande olho vermelho em cima do bloco e disse:
- O RECEPTÁCULO PERFEITO ESTÁ AQUI. CAPTUREM-NO
- E o bloco se desfez.
- E todos saltaram em direção ao Rex
- Eu gritei alto.
Lobisomem, o apocalipse
Caerns
Tótens garou
Rituais Garou
Dons de tribo
Dons de augúrio
Dons de raça
Dançarinos da Espiral Negra
Antecedentes de Lobisomem
Mago, a ascensão
Maravilhas, fetiches e amuletos
A União tecnocrata
Nefandi
Os desauridos
Antecedentes de mago
Vampiro, a máscara
Exemplos de fichas
Linhagens vampíricas
Abominações
Antecedentes de vampiro
Gerais
Complementos e livros
Fetiches
Idéias para crônicas
Historias World of Darkness
Do desenvolvedor
E-mail do Fabrício: devanon.kyosha@gmail.com
Créditos:
Cleverson
Alexandre
Juliano
Carlos (vulgo Yuri, não sei por quê, rs)
Site do sistema World of Darkness
Brigadão, gente. Sem as idéias de vocês isso não teria avançado. Ainda estou tentando colocar em prática algumas idéias que achei interessantíssimas.

Número de visitas

logo

Funciona em

por enquanto